Giro Moda antecipa tendências do outono/inverno 2019  Giro Moda antecipa tendências do outono/inverno 2019 – MODA RIO – SINDIROUPAS
UTF-8
Sistema FIRJAN
MENUMENU

NOTÍCIAS

Giro Moda antecipa tendências do outono/inverno 2019



Veludo cotelê, xadrez colorido, sobreposições e mix de estamparias dominarão as coleções outono/inverno 2019. As novidades foram apresentadas no Giro Moda – realizado no dia 5 de abril, em Friburgo, que traz aos profissionais do setor orientações a partir do que foi observado nas principais semanas de moda internacionais e nacionais.

De acordo com Nathalia Coelho, analista técnica Setorial do Sistema FIRJAN, assim como nos anos anteriores, as macrotendências que norteiam as tendências para a próxima temporada são a transgenesi, o icyber e o mix maker.

“O primeiro diz respeito aos opostos se enfrentando e coexistindo, trazendo um visual mais disruptivo e transgressor. O segundo é derivado das inovações tecnológicas, possibilitando peças mais funcionais e confortáveis. Já o terceiro diz respeito a uma produção baseada em colaboração, sustentabilidade e artesanato”, explicou.

O ativismo decorrente da polarização de pensamentos políticos e sociais, por exemplo, é, segundo Nathalia, representado em camisas com mensagens feministas e positivas, tanto na moda feminina quanto na masculina e infantil. “Outra tendência identificada na transgenesi é o encurtamento das peças, marcado pelo retorno das minissaias e predominância de calças pantacourt, que têm comprimento até a canela”, apontou.

Acessórios

Eliana Andrello, especialista Setorial de Joias, Calçados, Bolsas e Acessórios da FIRJAN, apontou um tom mais dramático nos acessórios, com presença forte de peças pretas e correntarias: “Essa tendência será tanto para homens quanto para mulheres”. Ela também destaca que o mercado masculino de moda é um setor em ascensão que pode ser mais bem explorado no Brasil.

“Saber o que está impulsionando a criação das peças permite que o empresário se adapte melhor, seja mais criativo e aumente as vendas”, ressalta Valéria Berkovitz, CEO da VYX Ipanema. A empresária acompanha o Giro Moda, e o considera fundamental para estar sempre por dentro das principais tendências de todo o mercado da moda.

Para Antonio Berenguer, conselheiro da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), o empresário da moda é um dos que mais precisa lidar com a concorrência externa e, por isso, não pode ficar para trás.

“A moda se renova a cada coleção, ainda mais com o mundo globalizado e facilidade de acesso à informação. Acompanhar as macro e microtendências é essencial para ser competitivo”, diz ele que também é diretor do Centro Industrial do Rio de Janeiro (CIRJ).

Fonte: Sistema FIRJAN

Compartilhe: